terça-feira, 13 de outubro de 2009

Séraphine de Senlis




 
e o anjo do Senhor anunciou a Séraphine:

«Avé, Séraphine, cheia de talento,
a luz da pintura ilumine a tua vida
em casas de ricos, ganha o teu pão
mas bendita sejas, Séraphine, entre as mulheres
benditas as tuas obras de flores malditas
flores nascidas do teu ventre, Séraphine.»

Santa Séraphine, mãe de obras de arte
rogai ao génio que a loucura afaste
sempre e na hora da nossa morte!

Assim saiu e desta maneira
um caso que não foi de bricadeira







Sem comentários:

Enviar um comentário